Assistência Solidária e Filantropia

Assistência Solidária e Filantropia - 30%

 

3.1 – Promover a articulação do GH com os Hospitaleiros das Lojas Jurisdicionadas;

  1. a) Levantar as ações de filantropia e de solidariedade que cada uma das Lojas realiza atualmente ou que já realizou, bem como os porquês de não continuar realizando;

a.1) Levantar a periodicidade de realização dessas ações;

a.2) Levantar o valor necessário à realização dessas ações.

  1. b) Levantar junto à Fraternidade Feminina as necessidades para a manutenção e/ou ampliação das ações atualmente desenvolvidas.
  2. c) Levantar as necessidades de realização de cursos de culinária, corte e costura e outros, pelas Lojas Jurisdicionadas;

c.1) Motivar as Lojas a apresentarem projetos filantrópicos;

c.2) Levantar os custos para a realização desses eventos.

  1. d) Articulação da GH com a GT para o levantamento desses custos.

3.2 – Criar um serviço de atendimento emergencial para os irmãos e seus familiares, como empréstimo de cadeiras de rodas, equipamentos ortopédicos e outros:

  1. a) Grande Hospitalaria: levanta as necessidades mínimas de equipamentos e materiais, capazes de por em funcionamento um ponto de apoio;
  2. b) Levantar a possibilidade de formação de parceria com instituições públicas e/ou privadas, para obtenção de doações de equipamentos novos ou usados;
  3. c) Levantar a possibilidade de obtenção de doações de equipamentos junto a irmãos ou profanos que disponham desses materiais e não estejam utilizando-os.
  4. d) Levantar custos de recuperação de equipamentos recebidos em doação, sem condições de uso imediato;
  5. e) Elaborar um sistema de controle de empréstimos de equipamentos e materiais.

 

  • – Criar um ponto de apoio aos Irmãos e Familiares que vierem do interior para Aracaju, que precisem de acomodações para o pernoite na Capital;

 

  1. Através da Grande Hospitalaria, levantar as possibilidades de celebração de convênio e/ou parceria com instituição pública ou privada, com vistas a cessão por comodato ou locação de instalação física onde possa funcionar minimamente o ponto de apoio;
  2. Levantar o custo de manutenção do ponto de apoio.

 

  • – Criar um Fundo de Assistência Maçônica – FAM para o apoio às viúvas, no momento de infortúnio pela passagem de um Irmão nosso para o Oriente Eterno.

 

  1. Estudo conjunto da Grande Hospitalaria com a Grande Tesouraria, sobre o modo mais adequado às finanças da GLMESE, para criação e manutenção do FAM;

a.1) Estudar a criação de um fundo financeiro;

a.2) Estudar a contratação de um Plano de Assistência Funeral;

a.3) Estudar a contratação de um Seguro de Vida em Grupo, para indenização à família em caso de morte de Irmãos Maçons.